terça-feira, 1 de junho de 2010

Interrogação

Sou só eu que não gosto de ficar na minha própria companhia ao som dos meus próprios pensamentos?

3 comentários:

Blog Liker disse...

Há momentos em que gosto, desde que não sejam em excesso. Abraço.

pinguim disse...

É a primeira vez que aqui deixo um comentário e isso dá-me uma grande satisfação.

Acho que são duas coisas diferentes: ficar na própria companhia, e ficar ao sabor dos pensamentos próprios.
Por vezes, complementam-se e não é mau...desde que não seja recorrente!

Pedro disse...

Blog Liker - O problema é precisamente o excesso...:(
Abraço.

Pingui - Obrigado pelo comentário. A recorrência é que ecoa por demais no silêncio...:( Abraço.