quinta-feira, 10 de junho de 2010

Reflexões



A direcção do percurso é a mesma. Ou vou pela esquerda e ainda que irregular o caminho é mais direito. Ou vou pela direita e chego ao destino mais tardiamente porque a via é tão acidentada que leva tempo a transpor.

Não há opção suave. Há apenas mais ou menos difícil.

Tirei a foto na Gulbenkian. O que eu gosto de lá estar.

8 comentários:

Blog Liker disse...

E não há uma terceira via: isto é, ir em frente?!

Infantilidade ou não, o que mais gosto na Gulbenkian é de ver os patos no lago e os velhotes que se juntam nas mesas, a jogar à carta ou a conversar. São duas imagens que estão gravadas...

Abraço, bom feriado.

Pedro disse...

Blog Liker - Mas ambas as vias vão em frente. Uma pela esquerda, madeira, e a outra pela direita, pela pedra. Como se vê na foto.
Se calhar eu não fui bem explícito em ligar a foto com o texto. Mea culpa:s

Sim, os patos e os velhotes:) Gosto também de me sentar no auditório de pedra e simplesmente ver a vida de quem a vive ali a passar.

Abraço e bom 10 Junho também.

Blog Liker disse...

Ah, ok! Mas ambas vão em frente...
O comentário adapta-se! :)

Pedro disse...

Sim adapta:) A subjectividade é uma arte, não é? (repara como subverti a frase :p)

pinguim disse...

Qualquer via, pela esquerda, pela direita ou ir em frente são boas se vão dar à Gulbenkian...
Porque não há mais "Gulbenkians" no nosso país?

Pedro disse...

Concordo contigo. É um espaço tão aprazível:)

YeuxdeFemme disse...

Belo pensamento. :)

Pedro disse...

Yeuxdefemme: Obrigado:)